quarta-feira, fevereiro 11, 2009

o Arrozal

Foi cultivado um lindo arrozal, é pra quem não sabe arrozais são lindos, o chinesinho que ofez tinha uma mão boa, era responsabilidade dele, só dele, e ele o fez, mas não fez por ele...A família dependia daquilo e daquilo era da alimentação, do dinheiro que o arroz daria, e oprincipal a beleza.Certo dia os arrozais se ploriferaram pela região que o chinesinho morava, não se vendia mais o arroz da família, pq ele não abaixaram os preços, até pra cultivar tava mais caro do quecomprar sacas dos vizinhos, mas o chinesinho não abriu mão do arrozal nem a família deixaria,aquela beleza de olhar aquilo tudo virando a comida favorita de seu país deixava eles orgulhosos,não era aquele orgulho arrogante de antes de ter arroz, e só eles, era o orgulho daquela beleza, o orgulho de ser donos do arroz que eles cultivavam e comiam desde que os bizavos do chinesinhonem sonhavam em nascer... E assim foi, até o chinesinho virar bisavô e o ensinamento passar em geraçãoem geração, enfim o arroz deixou de ser importante para aquela família, mas o Arrozal não.

5 Comentários:

Às quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009 02:57:00 BRST , Anonymous Diego disse...

Bela história! Curta e simples, mas abordando vários temas profundos. Que nosso texto assim seja!

 
Às quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 15:50:00 BRST , Blogger David Cejkinski disse...

hauhuhuaahuhua a rozinho eu nao minto pra ti.... nao gostei mto, ja vi coisas melhores!bjs

 
Às quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 17:33:00 BRST , Blogger Gê Pires disse...

Bela história! - 2 votos!

Adorei o blog mor...vou lendo os outros posts com calma e vou comentando...

 
Às quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009 19:18:00 BRST , Anonymous Lele disse...

Bonito,simples e que nos faz refletir ...adorei meu rei,beijo e te amo :)

 
Às quinta-feira, 19 de março de 2009 15:17:00 BRT , Blogger Danilo Amaral disse...

Ui... não gosto muito de arroz... e nunca tive um arrozal, acho que é pq não sou chinês! Enfim... hehehe =P

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial